Você está aqui: Capa > Cabelo > Diferença Entre Escova Progressiva E Definitiva

Diferença Entre Escova Progressiva E Definitiva

Escolha Sua Escova Ideal

Por: Cristiane Amaral

Diferença Entre Escova Progressiva E Definitiva

Diferença Entre Escova Progressiva E Definitiva

Diferença Entre Escova Progressiva e Definitiva

Você sabe a diferença entre as duas escovas?

Muitas mulheres não perecem mais fora o preço existem sim algumas diferenças bem significativas entre a progressiva e a definitiva.

O que É Escova Definitiva?

A escova definitiva pode ser chamada também de recondicionamento térmico, ou seja, uma nova condição ao cabelo por meio de desestruturação que tem uma base química alisante, que se chama tioglicolato de monoetalonamina (amônia) e uma ou mais fontes de calor chapa e secador durante o processo de transformação. A escova definitiva alisa e modela, assim porque o profissional usa técnica apropriada para chegar ao resultado que atenderá a necessidade da cliente, e dependendo da técnica usada, pode se alisar ou relaxar os cachos para suavizar os cachos ou volume.

O que É Escova Progressiva?

A escova progressiva pode ser feita em cabelos virgens, com coloração, descoloridos, com reflexos, mechas, luzes, relaxamento, escova definitiva, permanente. Cabelos com henê precisam passar por um teste, já que utilizam chumbo em sua composição e o uso de mais uma química pode danificá-los. Após o processo, é preciso aguardar no mínimo 10 dias para realizar uma nova química. Claro que tudo tem uma alternativa. O formol não é incompatível com algumas químicas, por isso pode ser usado no mesmo dia de um relaxamento. Porem eu prefiro sempre dar uma pausa de sete dias para cabelos alisados recentes antes de fazer uma progressiva

Diferença Entre Escova Progressiva E Definitiva

Diferença Entre Escova Progressiva E Definitiva

Porque A Escova Progressiva Alisa?

O princípio ativo da escova progressiva é o formol (nome da solução aquosa do formaldeído, um gás incolor), que quebra a ligação original dos fios (HS-SH) e as transforma em (-S-H2C-CH2-S-), aumentando a disponibilidade de H, assim este não é tão disputado e não torce a fibra.

Primeiramente as cutículas são abertas, para permitir que o formol entre e reaja. Junto vai a queratina para repor aquela que eventualmente acabou sendo perdidos pelas agressões externas ou processos químicos anteriores. O calor do secador e da prancha acelera a reação do formol e modelam mais rapidamente, pois seria necessária uma concentração muito grande de formol e queratina para que somente eles alisassem completamente os cabelos. A fibra não consegue absorver todo o produto, o que sobra acaba servindo de conservante modelado.

A Principal Dúvida

Como saber se a progressiva contém mais formol do que o permitido em sua composição?

Você pode verificar atrás da embalagem da escova, peça ao profissional para verificar essa informação. Outra forma de saber se tem algo de errado com a progressiva, é se ela exalar um cheiro muito forte, ou provocar reações alérgicas em você, peça para retirar o produto imediatamente, e se possível passe em na emergência de um hospital, pois existem profissionais, que usam de má fé, e acabam adicionando uma quantidade maior de formol, do que é permitido.

O ideal é que quando você decida por fazer à progressiva, saiba exatamente tudo sobre a escova que irá aplicar, pergunte tudo ao profissional, esse é um direito que você tem!

https://www.youtube.com/watch?v=_-HThqaucsE


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*